Uberlândia terá representante no concurso estadual do Queijo Minas Artesanal

Uberlândia terá representante no concurso estadual do Queijo Minas Artesanal

Cinco queijarias da região do Triângulo Mineiro foram selecionadas para a etapa que escolherá o melhor queijo do estado

Dois representantes de Uberlândia e três de Monte Carmelo estão entre as queijarias da região que participarão do 12º Concurso Estadual do Queijo Minas Artesanal (QMA) que acontecerá em outubro de 2019 em Uberlândia. Os produtores foram selecionados quarta-feira (04), no terceiro concurso regional do Queijo Minas Artesanal – região Triângulo Mineiro, realizado na 56ª Exposição Agropecuária de Uberlândia – Camaru 2019. Onze produtores foram avaliados por júri formado por sete especialistas no produto. Esse ano tiveram também jurados mirins que elegeram o melhor queijo da região.

Maria Helena Mota da Fazenda Máximos Barreiro de Monte Carmelo-MG venceu o concurso

Os produtores Maria Helena Mota e Jales Clemente de Oliveira venceram o concurso realizado pela Emater MG, IMA, Prefeitura Municipal e Sindicato Rural de Uberlândia. “Vencer aqui significa aumentar vendas e agregar valor ao nosso produto. Quem procura um queijo de qualidade vai procurar um selo de qualidade”, disse a produtora rural da Fazenda Máximos Barreiro de Monte Carmelo-MG.

     O presidente do Sindicato Rural de Uberlândia, Gustavo Galassi, destacou a qualidade e a importância do QMA. “Esse concurso é muito importante para Uberlândia e região. Escolher o melhor queijo não é nada fácil. Um concurso que vem para somar e agregar valor ao produtor rural mineiro”, disse. “O Brasil reúne todas as condições para oferecer ao mundo um produto de qualidade”, ressaltou.

O paladar mirim elegeu queijo de Uberlândia como o melhor do concurso

Ainda durante o evento foram entregues Certificados de Conformidade para produtores de queijo atestando produto de qualidade genuinamente produzido segundo as características da região. Os principais objetivos do programa são garantir a segurança alimentar por meio do controle sanitário no processo de produção, incentivar e fortalecer a organização dos produtores por meio da legalização das queijarias.

Classificados para a etapa estadual pelo júri técnico:

1º lugar: Jales Clemente de Oliveira – Monte Carmelo

2º lugar Walquíria Borges Loureno – Uberlândia

3º lugar Gilson Fernandes da Cruz – Monte Carmelo

4º lugar Pedro Fernandes Feliciano – Monte Carmelo

5º lugar Inês Gomes Rosa Borges – Uberlândia

Júri mirim: Walquíria Borges Loureno – Uberlândia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *